Passagens aéreas podem ficar mais caras com alta do querosene de aviação

Por BandNews FM

O modelo de cálculo do preço do querosene de aviação, que tem forte impacto no preço das passagens, será debatido no dia 3 de outubro em audiência pública na ANP (Agência Nacional do Petróleo).

A revisão é uma demanda do setor, que será representado pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). Segundo a Abear, de agosto de 2017 a agosto deste ano, o QAV teve alta de 60%.

Leia mais:
Em um ano, despacho de bagagem em avião dobra de valor
Empresa aérea de baixo custo chilena começa a vender passagens

Segundo o presidente da associação, Eduardo Sanovicz, as companhias estão segurando o preço das passagens, mas isso só tem sido possível com o aumento do valor cobrado por outros serviços, como o despacho de bagagens.

Para Sanovicz, aumentar essa cobrança é uma boa saída porque, atualmente, mais de metade dos passageiros não despacha malas. O presidente da Abear não descarta, no entanto, a possibilidade de alta no preço dos bilhetes em breve.

Ele destaca ainda que, apesar da crise financeira e da alta do dólar e do QAV, no primeiro semestre deste ano houve um aumento de 2 milhões na quantidade de passageiros transportados no país, na comparação com o mesmo período de 2017.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo