Lava Jato faz operação conjunta com autoridades de Portugal

Por Metro Jornal

A 54ª fase da operação Lava Jato atravessou o oceano atlântico e chegou a Portugal na manhã desta terça-feira (25). A parceria entre a PF (Polícia Federal), MPF (Ministério Público Federal) e autoridades portuguesas fizeram com que 5 mandados de busca e apreensão fossem cumpridos em Lisboa, capital do país europeu.

A ação apurou endereços ligados a um operador financeiro suspeito de fraudar uma licitação entre a estatal Petrobras e a construtora Odebrecht. Mário Ildeu de Miranda já havia sido alvo da 51ª fase da operação Lava Jato, em maio deste ano.

Na ocasião, foram identificados pagamentos de milhões de dólares em propina entre 2010 e 2012. O contrato ilícito com a Odebrecht em 2010 garantia verba para obras de mais de US$ 850 milhões.

Colaboraram na operação policiais da Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária de Portugal, além de Procuradores da República de Portugal e do Juízo de Instrução de Portugal.

Os mandados foram cumpridos em domicílios e empresas. Informações sobre o material apreendido serão compartilhadas com a Justiça Federal no Paraná para auxiliar nas investigações da Lava Jato.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo