Premier da Nova Zelândia leva filha de 3 meses para ONU

Por Ansa

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, levou sua filha de 3 meses para a Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), em Nova York, protagonizando uma cena rara na câmara, composta majoritariamente por homens.

Leia mais:
‘Temos orgulho de nossa tradição de acolhimento’, diz Temer na ONU
Lava Jato faz operação conjunta com autoridades de Portugal

Jacinda deu à luz em junho e chegou com a bebê nos braços para a reunião oficial na ONU. Seu marido, Clarke Gayford, também estava presente e cuidou da criança enquanto a primeira-ministra discursava a líder internacionais.

A neném, Neve Te Aroha, até ganhou uma credencial oficial com o registro "primeira-bebê" da Nova Zelândia.

"Gostaria de ter capturado o olhar chocado de um membro da delegação japonesa na ONU, ontem, que entrou em uma sala de reuniões no meio de uma troca de fraldas", disse Gayford nas redes sociais.

Por sua vez, o porta-voz da ONU, Stephane Dujarric, afirmou que a entidade está "encantada" de receber a bebê.

Jacinda Ardern, de 38 anos, é a segunda mulher eleita a dar à luz durante o mandato. A primeira foi a paquistanesa Benazir Bhutto, em 1990.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo