Rota prende 21 pessoas e descobre 'motel do crime'

Por Rádio Bandeirantes

Uma operação da Rota terminou com 21 presos, dois mortos e a descoberta de um motel, na zona leste, que funcionava como centro de distribuição de drogas.

As buscas por criminosos começaram por volta das 7h de quinta-feira (20) e, durante uma das ocorrências os policiais receberam a denúncia do local, no bairro da Penha, zona leste. O motel fica na marginal Tietê, na altura do parque Ecológico.

Às onze horas da noite, os policiais flagraram uma van descarregando maconha no local. Os criminosos receberam os agentes da Rota com tiros. Os policiais revidaram e dois traficantes morreram.

Segundo o comandante da corporação, Mello Araujo, a ocorrência foi atípica, porque pelo menos 15% do motel funcionava normalmente. No entanto, os outros quartos eram base para o processo de refino da droga.

A droga chegava do Paraguai, passava pelo Paraná e como destino final a capital paulista. O comandante da Rota, Ricardo de Mello Araújo, afirma que o produto era distribuído na região da Vila Prudente.

O motel tinha aproximadamente 100 quartos. A polícia apreendeu quase meia tonelada de maconha, além de duas pistolas, cinco carros e uma van.

O caso será investigado pela Polícia Federal, porque se trata de tráfico internacional de drogas.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo