Moon e Kim querem declarar o fim da Guerra da Coreia até dezembro

Por Estadão Conteúdo

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae in, disse que vai discutir a declaração do fim da Guerra da Coreia com o presidente americano, Donald Trump. O conflito teve início em 1950 entre Coreia do Norte e Coreia do Sul e um armistício foi declarado em 1953, suspendendo as hostilidades dos dois lados. A declaração seria o primeiro passo rumo um tratado formal de paz entre os dois países

Moon falou sobre a questão nesta quinta-feira (20) depois de voltar de uma viagem de três dias à Coreia do Norte, onde se encontrou com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, para a terceira cúpula intercoreana neste ano. Moon e Kim buscam a declaração do fim da guerra até dezembro. Os dois líderes concordaram que tal "declaração política" não tem nada a ver com a retirada dos 28,5 mil soldados dos Estados Unidos alocados na Coreia do Sul.

O presidente sul-coreano afirmou que levantará a questão com Trump quando se encontrar com o líder americano na próxima semana, em Nova York.

Além de um possível fim para a Guerra da Coreia, a cúpula entre os dois países também pode render mais uma cúpula entre Kim e Trump. Segundo Moon, Kim quer que o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, vá a Pyongyang para negociações nucleares. O líder norte-coreano também realizar uma segunda cúpula com Trump o mais rápido possível. Fonte: Associated Press.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo