Diplomata é demitido após ser preso por agredir mulher

Por BandNews FM

O diplomata Renato de Ávila Viana é demitido do cargo de primeiro-secretário do Ministério das Relações Exteriores depois de ser preso por agredir a namorada.

A saída está publicada no Diário Oficial da União de hoje, mas não traz detalhes sobre o motivo do desligamento.

Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, o diplomata voltou de uma viagem e viu que tinham mensagens de outro homem no telefone celular da companheira.

Ele jogou o objeto no chão e começou a sacudir a mulher.

A vítima foi à janela e gritou por socorro; vizinhos acionaram a PM.

Renato de Ávila Viana pagou R$ 1 mil de fiança e vai responder em liberdade por lesão corporal, dano ao patrimônio e violência doméstica com base na Lei Maria da Penha.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo