Bilionário japonês freta voo para a Lua em 2023

Por Metro Jornal

A SpaceX, empresa de transporte espacial de Elon Musk, revelou na noite de segunda-feira (17) em Los Angeles o nome de seu primeiro passageiro particular em uma viagem de uma semana ao redor da Lua: é o bilionário japonês Yusaku Maezawa, 42 anos, fundador e CEO da varejista de moda online Zozo.

Ex-baterista de uma banda punk, Maezawa pretende fazer seu primeiro voo à Lua em 2023 a bordo da futura nave espacial “Big Falcon Rocket” (“BFR”), da SpaceX, levando a corrida pela comercialização de voos espaciais a novos patamares.

A identidade de Maezawa foi revelada em um evento realizado na sede da SpaceX, fábrica de foguetes situada em Hawthorne, subúrbio de Los Angeles. “Ele é uma pessoa muito corajosa para fazer isso”, disse Musk sobre o empreendedor japonês.

“Desde criança, eu sempre amei a Lua”, declarou Maezawa, durante uma entrevista coletiva à imprensa. “Apenas olhá-la já preenchia minha imaginação. Ela está sempre lá e continua a inspirar a humanidade. É por isso que não pude deixar passar essa oportunidade para vê-la de perto.”

Até hoje, somente 24 astronautas e cosmonautas ultrapassaram o escudo magnético protetor da Terra, em missões realizadas durante um período de quatro anos, de dezembro de 1968 a dezembro de 1972.

A viagem lunar faz parte do grande projeto de Maezawa que ele nomeou “Dear Moon” (“Querida Lua”). Seu plano é levar com ele até oito artistas de várias áreas, incluindo cinema, arquitetura, pintura, escultura e fotografia, com o objetivo de que, ao retornarem à Terra, criem e compartilhem obras inspiradas na experiência.

A ideia surgiu quando estava olhando para uma pintura do artista plástico norte-americano Jean-Michel Basquiat (1960-1988) arrematada por ele no ano passado por US$ 110 milhões (cerca de R$ 453 milhões): “Eu pensei, e se Basquiat tivesse ido ao espaço e tivesse visto a Lua de perto ou visto a Terra? Que maravilhosa obra de arte ele teria criado?”.

Após adquirir a tela, o empresário japonês publicou várias fotos dela no Instagram com o seguinte texto: “Quando eu vi essa pintura pela primeira vez, fiquei impressionado com a excitação pelo amor à arte. Quero compartilhar essa experiência com o maior número de pessoas possível”.

O valor que Maezawa está pagando pelo passeio não foi divulgado, mas ele disse à agência “Reuters” ser “muito maior” do que o da pintura de Basquiat.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo