Comércio deve abrir 72,7 mil vagas temporárias para o Natal

Por Metro Jornal

A CNC (Confederação Nacional do Comércio) prevê a contratação de 72,7 mil trabalhadores temporários para o Natal, recuo de 1,7% em relação aos postos criados no ano passado. Com a desaceleração da economia diante do cenário de incertezas do 2º semestre, as vendas devem crescer menos em 2018 (2,3%) comparadas a 2017 (3,9%).

A temporada de oferta de vagas no setor deve ocorrer entre setembro e dezembro – um “efeito de adiamento” em relação aos anos anteriores. “Antes da crise, mais de 20% das vagas eram preenchidas até outubro. Nos três últimos anos, esse percentual não passou dos 15%”, afirma Fabio Bentes, chefe da Divisão Econômica da CNC.

Os maiores volumes de contratação deverão se concentrar em lojas de vestuário (47,9 mil vagas) e hiper e supermercados (11,5 mil vagas). Esses segmentos representam, em média, 60% das vendas natalinas.  A absorção dos temporários deve recuar para 19,8% em relação a 2017, quando 23,1% foram efetivados. 


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo