Turismo industrial de Santo André vai a coworking e UFABC

Cidade faz chamamento para empresas interessadas e quer realizar até o fim de outubro a primeira visita oficial do programa

Por Vanessa Selicani - Metro ABC

Santo André passa a integrar o grupo de cidades brasileiras que oferece turismo industrial, mas abrindo espaço também para empresas de tecnologia, espaços de coworking e universidades.

A modalidade de turismo que leva visitantes para conhecer a produção nas fábricas tem bastante força na Europa e aqui na região foi abraçada inicialmente por São Bernardo. A cidade incentiva o programa desde 2013 e já conta com 13 parceiras.

Santo André realizou algumas visitas testes neste ano e lançou edital de chamamento no mês passado para instituições particulares que queiram participar. A prefeitura funciona no programa como intermediadora das visitas e a empresa recebe o público e cria o formato de apresentação do espaço ao público.

O diretor de Desenvolvimento Econômico, Inovação, Tecnologia e Turismo de Santo André, Felipe Carvalho, afirma que o programa é também uma forma de se conectar interesses. “A partir do momento que a população conhece a empresa, há o despertar da vontade de trabalhar ali ou de identificar como pode oferecer soluções para a produção. Um novo negócio pode surgir dali”, explica.

Carvalho quer incluir as startups e empresas de tecnologia no roteiro. Os coworkings também terão vez. Levantamento da prefeitura indica que os espaços compartilhados para escritórios já ocupam 11 endereços em Santo André.

Quem tem presença praticamente garantida no programa andreense é a UFABC (Universidade Federal do ABC). A prefeitura já realizou duas visitas piloto no campus de Santo André. “A gente quer baixar os muros da federal para empresários e estudantes.”

Por enquanto, não há previsão de quando terão início as inscrições para os visitantes. A expectativa é que o primeiro passeio oficial ocorra no fim de outubro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo