Projetos sociais do ABC avançam em competição nacional

Por Metro ABC

Dois projetos sociais do ABC realizados com crianças de escolas públicas estão na semifinal do Prêmio Itaú-Unicef. As iniciativas foram duas das 40 selecionadas entre 3,5 mil inscrições em todo o Brasil. As finalistas serão divulgadas mês que vem.

Por avançarem após terem o trabalho analisado por aproximadamente 140 avaliadores, as duas ONGs (Organizações Não Governamentais) e as duas escolas municipais responsáveis pelos projetos, em São Bernardo e Diadema, já garantiram R$ 20 mil cada. Caso passem para a final, o prêmio em dinheiro aumenta. A verba é destinada para que as atividades continuem de pé e possam ser ampliadas pelos bairros da periferia.

Comunicação e hip hop

O projeto Preservando a Vida, de São Bernardo, é feito pela ONG Núcleo de Apoio ao Pequeno Cidadão em parceria com a Emeb (Escola Municipal de Ensino Básico) Edson Danillo Dotto, no bairro Montanhão.

As 180 crianças, que possuem de 6 a 14 anos, são contempladas com aulas de skate, futebol, voleibol e handebol no contraturno escolar de forma gratuita. Além disso, os pequenos produzem uma webrádio comunitária que vai ao ar no site www.pequenocidadao.org.br duas vezes por semana.

Os mais velhos saem para conversar com os moradores do Núcleo Cafezal, no Montanhão, e produzem reportagens de diversos temas. Já os menores leem histórias e escolhem as músicas. A presidente da instituição, Valquiria Moraes, 57 anos, afirma que o objetivo da rádio é instigar a escrita, a leitura e o olhar crítico. “Os alunos precisam ser conscientes ao lidar com as informações. Isso faz com que elas sejam protagonistas da própria história”, disse. Inscrições para o projeto no telefone 4367-1288.

O projeto Matéria Rima, realizado em conjunto com a EM (Escola Municipal) Deputado Freitas Nobre, na Vila Nogueira, é o semifinalista que representa Diadema. A iniciativa oferece oficinas de rap, dança de rua, grafite, discotecagem e pandeiro para os estudantes da escola.

“O Matéria Rima é voltado para alunos com defasagem em aprendizagem e que estão em vulnerabilidade social. A proposta é contribuir com a escola para a redução desse quadro”, afirmou o fundador e coordenador do Matéria Rima, Jodson do Nascimento Silva. Mais informações sobre o projeto no telefone 4308-0339.

Preservando a Vida Preservando a Vida promove rádio comunitária com estudantes / Divulgação

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo