Projeto começa teste para limpar o Pacífico

Por Metro Jornal

A baía de São Francisco, na costa oeste dos Estados Unidos, foi escolhida para o primeiro teste de um projeto que tem como meta limpar o oceano Pacífico. É ali naquele trecho que a organização sem fins lucrativos The Ocean Cleanup (A Limpeza do Oceano, em português) começou, no último domingo, a rebocar o “Ocean Cleanup System 001” para 240 milhas náuticas (cerca de 444 quilômetros) de distância da baía de São Francisco.

Apresentado há tês anos,  o sistema tem uma série de boias que sustentam telas de cerca de três metros para dentro da água do mar. Utilizando-se de correntes, ventos e ondas para empurrar as telas contra o lixo plástico flutuante, a estrutura forma um “U” de boias na superfície,  armazenando o lixo no centro desse “U”, de onde ele deve depois ser coletado por pequenos barcos e levados para a reciclagem, onde ganharão novas utilidades.

O teste na baía de São Francisco irá durar duas semanas, quando o sistema será “monitorado extensivamente”, segundo os pesquisadores. O objetivo é assegurar que ele coletará apenas lixo e não causará danos a plânctons, peixes e outras formas de vida marinha.

Encerrado o período de teste, o sistema será levado para 900 milhas náuticas (cerca de 1.660 quilômetros) adiante para iniciar  a limpeza da Grande Porção de Lixo do Pacífico. Equipes permanecerão nessa região durante seis meses para monitorar os possíveis impactos da tecnologia. A expectativa final é de que, mais adiante, veículos autônomos possam continuar o trabalho.  

Vídeo explica o projeto:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo