Papa Francisco convoca bispos para falar de abuso sexual

Por Metro Jornal

O papa Francisco convocou ontem uma reunião com os presidentes das conferências episcopais da Igreja Católica para discutir o tema da “proteção dos menores”.

O encontro, organizado a pedido do conselho de cardeais que ajuda o pontífice no projeto de reforma da Cúria, o chamado “C9”, ocorrerá de 21 a 24 de fevereiro de 2019, segundo comunicado divulgado pelo Vaticano.

A convocação da reunião acontece após a revelação de escândalos de abuso sexual em diversos países, como Estados Unidos, Chile e Austrália.

Leia mais:
Três milhões de americanos estão na rota do furacão Florence
Projeto começa teste para limpar o Pacífico

A Igreja Católica nos Estados Unidos foi abalada pelo relatório de um grande júri que revelou que 301 padres no estado da Pensilvânia haviam abusado sexualmente de menores durante os últimos 70 anos.

Um relatório interno da Igreja Católica alemã divulgado ontem pela revista alemã “Der Spiegel” revela que 3.677 pessoas sofreram abusos sexuais praticados por membros da Igreja do país entre 1946 e 2014.

Os documentos, segundo os veículos de imprensa, foram obtidos junto à Conferência Alemã dos Bispos e averiguados pelas universidades alemãs de Mannheim, Heidelberg e Giessen.

Os pesquisadores concluíram que mais da metade da vítimas tinha 13 anos ou menos quando sofreram os abusos, e a maioria eram garotos. O relatório também aponta que o número de vítimas deve ser ainda maior.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo