Suprema Corte da Índia derruba lei de 1861 que criminalizava homossexualidade

Por Wellington Botelho

A Suprema Corte da Índia, revogou uma lei de 1861 que punia atos 'contra a natureza' e penalizava em até 10 anos de prisão relações entre pessoas do mesmo sexo.

Pela decisão unânime, a homossexualidade no país da Ásia Meridional não é considerado mais crime. A medida tomanda nesta quita-feira (05) é um grande avanço para os Direitos Humanos.

Essa lei já havia sido derrubada por um tribunal de Nova Déli, mas a decisão foi revertida em 2013 pela própria Suprema Corte, que definiu que a decisão seria do parlamento.

Como o legislativo não chegou a acordo, o governo indiano pediu novamente que a Suprema Corte se pronunciasse.

A decisão representa uma grande vitória para a comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgêneros).

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo