Assessoria de Bolsonaro diz que estado de saúde dele é grave

Por Estadão Conteúdo

Após ter sido esfaqueado em ato de campanha em Juiz de Fora (MG), o candidato do PSL à Presidência nas eleições 2018, Jair Bolsonaro, está sendo submetido a uma operação na Santa Casa da cidade.

Segundo entrevista rápida do porta-voz do hospital, Bolsonaro tem uma perfuração na altura do abdômen. O candidato passa, neste momento, por um procedimento chamado laparotomia exploratória. Há suspeita de lesão no fígado e na alça intestinal. Se esses ferimentos forem confirmados na cirurgia, são graves e podem provocar sangramento interno. A cirurgia ainda não tem horário estimado para acabar.

A Polícia Federal prendeu Adelio Bispo de Oliveira, de 40 anos, o homem acusado de esfaquear o candidato Bolsonaro. A PF vai instaurar investigação para apurar a agressão sofrida pelo candidato.

Um dos filhos do candidato do PSL à Presidência da República, Flávio Bolsonaro, atualizou o quadro de saúde do pai, Jair Bolsonaro, pelo Twitter:

"Infelizmente foi mais grave que esperávamos. A perfuração atingiu parte do fígado, do pulmão e da alça do intestino. Perdeu muito sangue, chegou no hospital com pressão de 10/3, quase morto… Seu estado agora parece estabilizado. Orem, por favor!"

O chefe de gabinete do vereador Carlos Bolsonaro, seu outro filho, disse que a cirurgia ocorreu bem.  “A cirurgia ocorreu bem. Os médicos conseguiram estancar o ferimento de Bolsonaro”

 

 

 

VEJA VÍDEO DO MOMENTO DA AGRESSÃO

LEIA TAMBÉM:

Facada em Bolsonaro choca internautas de todo o país; veja algumas das reações
Polícia confirma nome do agressor de Bolsonaro
Marina Silva: ataque a Bolsonaro é ataque contra a democracia
Haddad diz que repudia ato de violência contra Bolsonaro
Ataque a Bolsonaro: exijo que as autoridades apurem, diz Ciro Gomes
VÍDEO: veja momento exato em que Bolsonaro é esfaqueado

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo