Mergulhadores encontram tesouro em navio italiano naufragado

Por Ansa

Um grupo de mergulhadores encontrou entre os destroços do navio-almirante "Rei da Itália" um cofre que pode conter um tesouro avaliado em dezenas de milhões de euros.

O naufrágio aconteceu no Mar Adriático, em 1866, na célebre Batalha de Lissa , na Croácia.

As informações são das mídias croatas, que usam como fonte Lorenzo Marovic, líder dos mergulhadores caçadores de tesouros submersos.

Reza a lenda que, no momento do naufrágio, a embarcação transportava um carregamento de ouro, que deveria servir aos custos do governo provisório italiano na região croata de Dalmazia, no caso de uma vitória marinha italiana sobre a Áustria durante a 3ª Guerra da Independência.

Lorenzo Marovic e o grupo de mergulhadores, apesar de terem localizado o cofre submerso, desconhecem o seu verdadeiro conteúdo.

Por essa razão, foi pedida à superintendência competente e ao Ministério da Cultura de Zagreb a permissão de efetuar outras duas imersões exploratórias.

"Dado que o Rei da Itália jaz a 115 metros de profundidade e as imersões podem chegar a cinco horas, precisamos de equipamento adequado e mergulhadores muito preparados", afirmou Marovic.

"Não sabemos o que tem no cofre, mas acredito que, de qualquer forma, [ele] deve ser trazido à superfície", adicionou.

Caso a lenda seja verdadeira e o cofre contenha centenas de moedas de ouro avaliadas em 250 mil libras à época (dezenas de milhões de euros hoje em dia), Marovic teria uma recompensa de 10%. O total restante seria destinado ao Ministério dos Bens Culturais da Croácia, Os destroços do Rei da Itália foram identificados pelo próprio Marovic na primavera de 2005, ao longo da costa dalmata, sete milhas náuticas a nordeste da ilha de Vis.

Em 16 de julho de 1866 o navio partiu de Ancona, na Itália, diretamente para Vis, onde pretendia desembarcar, e bombardeou os fortes nas colinas da ilha. Quatro dias depois, a equipe naval austro-húngara chegou ao local e deu início à Batalha de Lissa, que terminou com a derrota da frota italiana. O Rei da Itália afundou e sumiu no mar com 27 oficiais e 364 marinheiros.

Somente 167 homens conseguiram se salvar.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo