Ex-sede da PF em Higienópolis vai ser leiloada

Por Metro Jornal

Com um lance inicial de R$ 14,8 milhões, o leilão da antiga carceragem da PF (Polícia Federal) que acontecerá no dia 19 pode marcar um novo capítulo na história do palacete centenário construído pelo ex-governador de São Paulo e ex-presidente da República Rodrigues Alves em Higienópolis (centro).

Vazio há 15 anos, desde que a PF deixou o imóvel de esquina localizado na rua Piauí, 527, com a rua Itacolomi, o casarão precisa de restauro e não pode ser demolido; foi tombado em 2012 pelo Conpresp (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo), que determinou que o prédio deve ser preservado integralmente.

Antes de servir de carceragem à PF e, sob esse uso, ter abrigado criminosos célebres como o ex-juiz Nicolau dos Santos Neto e o mafioso italiano Tommaso Buscetta, o palacete de 900 m2 construídos e que está em um terreno de 2.400 m2, foi sede do Dops (Departamento de Ordem Política e Social) durante a ditadura militar.   

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo