Corredor de ônibus divide passageiros e motoristas em São Bernardo

Por Metro Jornal ABC

Inaugurado em junho deste ano, o corredor de ônibus João Firmino, no bairro Assunção, em São Bernardo, divide opiniões entre a população local. O trecho de 2,5 quilômetros é o primeiro em operação do projeto que prevê 11 deles na cidade.

De um lado, os passageiros elogiam a pista exclusiva para coletivos. De acordo com os usuários, o corredor diminuiu, em média, 10 minutos o tempo de viagem do bairro Assunção ao Centro. Do outro lado, os motoristas reclamam do trânsito causado pelas filas de ônibus que, em alguns momentos, chegam a tomar as três faixas existentes na via.

Isso porque os coletivos intermunicipais não possuem porta ao lado esquerdo e, consequentemente, não trafegam no corredor destinado a eles. A falta da adaptação atinge também alguns veículos municipais. Com isso, é comum ver os ônibus trafegando no corredor exclusivo e nas outras duas faixas destinadas aos automóveis.

O comerciante João Cardoso, 58 anos, é um dos moradores do bairro que desaprova a iniciativa porque os carros perderam espaço. “Deveria funcionar apenas nos horários com mais movimento. Piorou muito o trânsito.”

Já o marceneiro Humberto Sabatini, 63 anos, elogiou o projeto. “O transporte público tem de ser priorizado, não o individual. Vejo muitos carros passando só com uma pessoa, enquanto o ônibus leva muito mais”, afirmou.

No total, 49 coletivos fazem 327 viagens diárias nos dois sentidos do corredor, todos novos e entregues neste ano. Na ocasião da inauguração, o prefeito Orlando Morando (PSDB) afirmou que abriria diálogo com a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) para que os ônibus intermunicipais renovassem a frota para também utilizar o equipamento.

A EMTU explicou que já comunicou a empresa Expresso ABC, operadora das linhas, sobre a necessidade de modelos com porta do lado esquerdo. No entanto, não deu previsão para que a mudança ocorra. Em nota, a Prefeitura de São Bernardo afirmou que “todos os veículos de transporte coletivo deverão percorrer o corredor em médio e longo prazo”.  

Pista será liberada aos fins de semana

A Prefeitura de São Bernardo informou que dentro de 10 dias vai liberar o corredor para tráfego de todos tipos os veículos durante os fins de semana e feriados.

“A administração reforça que o projeto segue em fase de operação assistida. Nessa etapa, os ajustes são feitos de acordo com o desempenho e os impactos”, diz trecho da nota enviada à reportagem.

Outras alterações estão previstas, incluindo a liberação do corredor para táxis com passageiros, transporte escolar e ônibus fretado todos os dias da semana. “A sinalização das novas regras já está sendo produzida e deverá ser instalada nos próximos dias”, informou.

Além disso, a gestão municipal também confirmou que será liberada uma faixa para carga e descarga dos comércios do entorno da avenida João Firmino das 9h às 12h e após as 22h nos dias da semana.

O equipamento faz parte de um projeto de mobilidade urbana anunciado em 2012, ainda na gestão do ex-prefeito Luiz Marinho (PT).

O programa prevê a construção de mais 10 corredores de ônibus e três terminais – o do Grande Alvarenga foi inaugurado este ano. Outros seis corredores já estão em construção. São eles o Rudge Ramos, Leste-Oeste, Alvarenga, Galvão Bueno, Humberto Castelo Branco e o da avenida Rotary.

Quando o projeto foi apresentado, em 2012, a previsão era entregar os ramais exclusivos em 2016. Estão em funcionamento atualmente apenas o corredor João Firmino e o Terminal Grande Alvarenga.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo