Por que as pessoas estão queimando suas roupas Nike nos Estados Unidos?

Por Victória Bravo

A decisão da Nike de usar o jogador de futebol americano Colin Kaepernick como o cara da sua mais recente campanha publicitária fez com que algumas pessoas começassem a queimar e destruir seus produtos da marca.

Kaepernick não joga na NFL (National Football League) desde 2016, ano em que começou a ajoelhar-se durante o hino nacional em um gesto de sensibilização para a brutalidade policial contra afro-americanos e racismo nos Estados Unidos.

O gesto logo começou a ser reproduzido por outros jogadores e acabou causando a ira de políticos republicanos, do presidente Donald Trump e seus eleitores.

De acordo com o The Guardian, o presidente dos Estados Unidos declarou que os jogadores não respeitaram a bandeira estadunidense e o exercito e que ele adoraria ver os donos liga esportiva profissional de futebol americano dos Estados Unidos despedindo esses jogadores.

Kaepernick realizou uma queixa contra a NFL em outubro do ano passado, alegando que os proprietários conspiraram para mantê-lo fora da liga depois que ele se ajoelhou durante o hino nacional.

Sob o Acordo de Negociação Coletiva da liga, as equipes e a NFL são proibidas de se reunir para privar um jogador de emprego e o caso ainda será julgado.

 

 

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo