O que acontece se a candidatura de Lula for negada

Por Metro Jornal

Caso o Tribunal Superior Eleitoral casse nesta sexta-feira a candidatura do ex-presidente Lula à presidência da República, o PT tem até o dia 17 de setembro para apresentar um novo nome para encabeçar sua chapa, que temo ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad como vice.

No entanto, o advogado eleitoral e ex-ministro do TSE Marcelo Ribeiro alerta que o PT ficaria de fora da campanha partidária de rádio e TV até indicar o substituto de Lula. O horário eleitoral gratuito na TV e rádio começou nesta sexta-feira (31).

Lula foi condenado na Lava Jato e está preso desde 7 de abril na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, em função de sua condenação a 12 anos e um mês de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, na ação penal do caso do tríplex em Guarujá (SP).

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo