Vacinação contra a raiva começa hoje em São Paulo

Por Metro Jornal

Começa hoje na capital a campanha de vacinação contra a raiva para cães e gatos. A imunização é gratuita e obrigatória por lei. Quem tem pets em casa deve levar os bichinhos para um dos 1.900 postos que aplicarão as doses até o fim do mês.

A vacina, segundo a SMS (Secretaria Municipal da Saúde), é a forma mais eficaz de prevenção contra a doença, que pode ser transmitida dos animais para os humanos.

A veterinária Julia de Camargo, proprietária do hospital veterinário Dog Saúde, afirmou que as pessoas estão mais cientes da importância da imunização. “Ainda temos casos de animais que morreram de raiva e de pessoas que contraíram a doença, que pode ser fatal. A conscientização é importante, pois a vacina é a única forma de conter a doença.”

Além disso, não existe tratamento eficaz para a raiva: o animal que a contrai, acaba morrendo.

No dia da vacinação, os donos precisam levar os seus pets na coleira ou em caixas de transporte, para evitar fugas e acidentes. A prefeitura pede que os animais sejam levados por adultos.

Entenda a doença

Julia explica que a doença é uma zoonose, ou seja, pode ser passar dos animais para seres humanos. A raiva é transmitida principalmente por mordidas, mas lambidas ou feridas abertas também são meios comuns.

O pet que tem raiva apresenta agressividade, salivação excessiva, mudanças de comportamento e paralisia dos membros. Segundo a veterinária, porém, os sintomas podem demorar um pouco para aparecer.

Conheça a campanha

  • Quem deve ser vacinado: Cães e gatos com mais de três meses e que estão saudáveis
  • Onde a vacina está disponível: 1.900 postos fixos e volantes abertos das 10h às 16h
  • A imunização deve ser feita todos os anos
  • Endereços dos postos e mais informações pelo site da prefeitura ou pelo telefone 156
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo