Estudante de 18 anos é morta mesmo após entregar celular a assaltantes em Santo André

Por Metro Jornal com Estadão Conteúdo

Uma jovem de 18 anos morreu na noite de quinta-feira, 9, em Santo André, no ABC Paulista, durante uma tentativa de assalto.

O crime aconteceu por volta das 19 horas na Rua Emílio Salles Gomes, na região de Sítio dos Vianas. Segundo informações da Polícia Militar, Paula de Freitas Silva foi abordada por dois indivíduos que estavam em uma moto preta e anunciaram o roubo.

Relatos preliminares apontam que a jovem foi baleada mesmo após entregar o celular a um dos assaltantes, mas a informação ainda não foi confirmada oficialmente. Segundo amigas que acompanhavam a garota, os ladrões não gostaram "da maneira com que Paula entregou o aparelho" e teriam inclusive jogado o celular no chão. O caso foi registrado no 6.º DP (Vila Mazzei).

Números da violência

De acordo com dados divulgados nesta semana pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em São Paulo, o Brasil bateu o recorde em 2017 de mortes violentas intencionais, como homicídios e latrocínios. Foram contabilizadas 63.880 vítimas, o equivalente a 175 por dia ou 7 por hora.

O Rio Grande do Norte lidera entre os Estados mais violentos e registrou uma taxa de 68 mortes a cada 100 mil habitantes, seguido por Acre (63,9) e Ceará (59,1). No Estado de São Paulo, foram 10,7 mortes.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo