São Paulo ganha nova opção de aluguel de bikes por aplicativo

Por Metro Jornal

Início do dia, trajeto para o trabalho, trânsito parado… enquanto um ciclista passa tranquilo pela ciclofaixa. Esta é uma cena muito comum para paulistanos nas principais vias urbanas da capital paulista.

Em 2012, uma parceria entre a Prefeitura de São Paulo e instituições financeiras trouxe dezenas de estações de aluguel de bicicletas para o centro da cidade, que junto com um aplicativo facilitaram o acesso ao transporte alternativo. O serviço atual, Bike Sampa, conta com 2,6 mil bicicletas e deve chegar a 260 estações.

Nesta quinta-feira, porém, uma nova opção deve espalhar ainda mais as bicicletas pela cidade. O aplicativo Yellow entrou em operação com um compartilhamento de bicicletas livres – sem estações físicas. Dessa forma, o usuário destrava o veículo pelo celular e, quando terminar de usar, basta travá-lo no destino para que o próximo possa utilizá-lo.

A empresa iniciou os trabalhos com 500 bicicletas, mas a expectativa é ampliar o número para 20 mil no ano que vem. Ao contrário do Bike Sampa, em que as bicicletas são gratuitas na primeira hora de uso, o Yellow cobra R$ 1 para cada 15 minutos utilizados.

Para alugar a bicicleta, o usuário deve utilizar o mapa para encontrar o veículo mais próximo. Depois, é preciso cadastrar um cartão de crédito e escanear o código presente na roda traseira da bicicleta. Após terminar o percurso, basta estacioná-la em local público e travar o pneu com o cadeado. O aplicativo está disponível para os sistemas iOS e Android.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo