Sistema Cantareira recebe chuvas, mas nível de alerta é mantido

Por Metro Jornal

Não foi só na capital paulista que choveu na terça-feira. Todos os sistemas de abastecimento da Grande São Paulo receberam precipitações. No Cantareira, o maior deles, foram 10,7 mm, segundo os dados da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo).

O volume não foi suficiente para manter ou elevar o nível do reservatório, que ficou em 39,6% de sua capacidade – estava com 39,7% na segunda-feira. Com isso, está mantido o nível de alerta para o sistema.

“Neste ano, quase todos os meses choveu menos do que o previsto. É um cenário que não acontece só em São Paulo”, afirmou diz Samuel Barrêto, gerente nacional de água da The Nature Conservancy Brasil. Para Barrêto, é necessária uma mudança de hábito.

“As campanhas de uso racional da água têm que ser feitas de forma permanente.” Para ele, estabelecer uma nova cultura da água é “fundamental”. “É a aposentadoria que vamos formar para o futuro”, afirmou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo