Facebook denuncia tentativa de manipular eleições nos EUA

Por Ansa

O Facebook anunciou nesta terça-feira (31) que diagnosticou uma tentativa coordenada de influenciar as eleições legislativas de novembro nos Estados Unidos, através de perfis e páginas falsas.

"Estamos nas primeiras etapas da nossa investigação e ainda não temos todos os elementos, inclusive sobre quem está por trás dessas tentativas", disse a empresa de Mark Zuckerberg.

De acordo com o Facebook, foram identificados oito páginas, 17 perfis e sete contas no Instagram não autênticas. A empresa contou que colabora com o FBI na investigação. As páginas movimentaram US$ 11 mil em 150 anúncios no Facebook e no Instagram, os quais foram pagos em dólares americanos e canadenses e colocados no ar entre abril de 2017 e junho de 2018.

Essas páginas criaram 9,5 mil publicações no Facebook e uma no Instagram, além de pagarem a terceiros para executar os anúncios para elas. Um dos principais objetivos das páginas eram fazer o usuários participarem de eventos. O Facebook também admitiu que não descarta a possibilidade da Rússia estar envolvida no caso.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo