Contra o desemprego, 86% aceitam mudar de área

Por Metro Jornal

Com o desemprego no Brasil girando em torno de 13%, muitos trabalhadores vêm se questionando, mais do que nunca, sobre o que fazer no caso de ser o próximo a ser demitido. Afinal, o mercado de trabalho é sempre muito competitivo, e, para se manter nele ou conseguir uma nova colocação, pode ser necessário ser um pouco mais flexível quando o assunto é a carreira.

Nesse caso, uma das alternativas consideradas tem sido a mudança de ocupação, como indicou a Pesquisa dos Profissionais da Catho, segundo a qual 86% das pessoas aceitam mudar de área quando procuram um novo emprego. A pesquisa também mostrou que mudar de cidade, aceitar um cargo inferior ao antigo, trabalhar como PJ (pessoa jurídica, sem contrato pela CLT – Consolidação das Leis do Trabalho) e até receber salário menor são opções consideradas.

“Quando falamos em transição de carreira, é necessário estarmos abertos a novas oportunidades, buscar áreas em expansão e com possibilidades de atuar no que nos dá prazer”, afirma a assessora de carreira da Catho Elen Souza, que dá quatro dicas para quem pretende deixar a zona de conforto e enfrentar o desafio de mudar (quadro ao lado). O levantamento da Catho foi realizado em todo o território nacional. Participaram da pesquisa 2 mil pessoas.

arte desemprego

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo