Trump ameaça paralisar governo se não houver apoio a mudança na lei de imigração

Por Estadão Conteúdo

O presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou paralisar o governo se os democratas não apoiarem seu projeto de reforma das leis de imigração, incluindo a construção de um muro na fronteira entre os EUA e o México. Em uma publicação feita na manhã deste domingo no Twitter, ele afirmou que "estaria disposto a 'paralisar' o governo se os democratas não nos derem os votos para a Segurança de Fronteiras, que inclui o Muro!"

Segundo ele, o país deveria passar a adotar um sistema de imigração "baseado no mérito" e se livrar do sistema de "Loteria". "Precisamos de grandes pessoas vindo para o nosso país!"

Trump também defendeu a prática de separar as famílias, "há consequências quando as pessoas cruzam nossa fronteira ilegalmente, tenham filhos ou não". Segundo ele, muitos estão apenas usando crianças para seus próprios fins. "O Congresso deve agir para consertar as PIORES e MAIS ESTÚPIDAS leis de imigração em qualquer lugar do mundo", disse.

A declaração foi feita dias após o governo norte-americano informar que mais de 1.800 crianças separadas na fronteira entre os EUA e o México foram reunidas a suas famílias depois de uma ordem de um juiz federal. No entanto, centenas de crianças ainda permanecem separadas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo