101 dias sem chuva: Cantareira tem menos da metade da reserva

Por Metro Jornal

Não chove de maneira significativa há 101 dias, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Um pouquinho de água, ainda abaixo dos 10 mm considerados significativos, também não aparece há 43 dias. Sem chuva, o nível dos reservatórios de água vem baixando dia a dia.

No sistema Cantareira, por exemplo, ontem havia menos da metade, 40,4% da capacidade. Há um mês, era 44%. Para comparação, há um ano, o sistema, que abastece grande parte da cidade, tinha 63,6% da capacidade.

Há cinco anos, antes do início da crise hídrica, ele registrava 53,8% O sistema Guarapiranga ainda não chegou à metade, mas também mostrou queda no nível armazenado. Ontem era 63,8%; há um mês, 73,7%; e há um ano, 75,5%.

Uma chuva forte não é esperada para tão já. Para segunda-feira, o Inmet só prevê chuviscos na capital –e, nos demais até lá, nem isso.

A Sabesp, em nota, disse que vem realizando obras e ações para garantir mais água para a população. Sobre o Cantareira, disse que poupou 25% do que poderia retirar do sistema e economizou 245,8 bilhões de litros do volume útil nos últimos 13 meses. Ainda de acordo com a Sabesp, sem as medidas, o sistema hoje teria apenas 15% da capacidade e não pouco menos da metade.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo