Passageiros da Uber poderão chamar polícia através de 'botão do pânico'

Por Metro Jornal

Procurando amenizar os problemas de segurança que seus passageiros possam enfrentar, a Uber está lançando nesta quinta-feira (26) um "botão do pânico", para situações de risco, assédio e assaltos. Com isso, será possível chamar a polícia diretamente pelo aplicativo, por exemplo.

Até a próxima quinta-feira (2), a novidade já estará disponível para todos os usuários do aplicativo. Além de acionar agentes de segurança, também será possível acessar a central da Uber ou mesmo compartilhar o trajeto com algum amigo.

Leia mais:
Continuidade de Tite era desejo de 76% dos brasileiros, diz pesquisa
PIS/Pasep: novo prazo para saque de abono salarial começa nesta terça

Ao acionar um amigo, o app compartilha o caminho que está sendo percorrido em tempo real. Dá para cadastrar previamente até cinco contatos. Já no caso da polícia, será feita uma ligação através do número 190, mas os agentes não poderão acompanhar a corrida ao mesmo tempo em que ela acontece, uma vez que a PM não possui sistema para processar esses dados.

Essa ferramenta já está disponível nos EUA, México e Canadá. As funções estão reunidas sob um botão com um ícone de um escudo. Ele aparece assim que a corrida é confirmada e fica acima das informações do carro e do motorista.

A Uber informou que a ferramenta será disponibilizada também para os motoristas nos próximos meses.

botão do pânico na Uber Divulgação/Uber
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo