Delegacia em São Paulo nega atendimento a deficiente visual

Por Rádio Bandeirantes

A delegacia de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, negou atendimento a um deficiente visual, alegando falta de estrutura para fazer o boletim de ocorrência.

Leia mais:
Bebê de 3 meses morre após ficar 15 dias em quarto mofado de hospital, no Rio
Luiz Marinho diz que PT chega em 2018 em situação mais favorável que nas últimas eleições

Esta semana, após ter a casa arrombada na Vila Madalena, o auxiliar administrativo José Ricardo de Souza Jordão foi ao 14º DP, mas não conseguiu registrar o crime. A vítima contou à Rádio Bandeirantes que o escrivão e o delegado se recusaram a atendê-lo porque ele não poderia ler o que seria escrito no B.O.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública informou que todas as delegacias do Estado estão aptas a registrar ocorrências para qualquer pessoa. Especificamente sobre o caso, ainda de acordo com a SSP, os policiais do 14º DP foram reorientados para futuros atendimentos.

Após a intervenção da Rádio Bandeirantes, a secretaria entrou em contato com José Ricardo de Souza Jordão para o registro do B.O.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo