Ações do Facebook caem quase 20% após maus resultados

Por Ansa

As ações do Facebook despencaram em Wall Street, após a empresa ter apresentado uma receita 5% menor do que o previsto no segundo trimestre. No pregão desta quinta-feira (26), os papéis da rede social sofrem desvalorização de mais de 18% em função dos resultados decepcionantes.

Além disso, o diretor financeiro do Facebook, David Wehner, afirmou que a desaceleração da receita deve continuar pelo resto do ano. É a primeira vez desde 2015 que a rede social não atinge as metas dos especialistas. A receita líquida da empresa de Mark Zuckerberg fechou o segundo trimestre em US$ 13,2 bilhões, frente aos US$ 13,4 bilhões esperados pelos analistas. O crescimento no número de usuários também decepcionou, fechando o período em 1,47 bilhão, ante o 1,48 bilhão esperado pelo mercado. O lucro líquido, por outro lado, superou a meta e fechou o trimestre em US$ 5,1 bilhões, ou US$ 1,74 por ação. Os analistas esperavam que o valor chegasse a US$ 1,72.

A queda desta quinta faz a empresa perder cerca de US$ 120 bilhões em valor de mercado. O Facebook ainda enfrenta desconfiança dos investidores após os escândalos sobre a utilização de dados pessoais dos usuários para fins comerciais e políticos pela consultoria britânica Cambridge Analytica.

Zuckerberg admitiu as falhas e se desculpou diante do Congresso dos EUA e do Parlamento Europeu.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo