Skaf quer novo modelo de concessão de estradas para reduzir preço dos pedágios

Por Rádio Bandeirantes

Filiado ao MDB, o presidente afastado da Fiesp Paulo Skaf defendeu um novo modelo de concessão de estradas para reduzir o preço dos pedágios. Ele foi entrevistado pela Rádio Bandeirantes na série com pré-candidatos ao governo de São Paulo.

Skaf criticou a chamada licença onerosa, em que ganha o interessado que oferece mais, sem levar em conta a tarifa.

O empresário é a favor da concessão “a menor preço”, que dá a vitória na concorrência a quem fixar o valor mais baixo de pedágio. Ele terá como vice uma mulher, tenente-coronel da PM.

Segundo Paulo Skaf, a escolha de Carla Basson, filha e irmã de policiais, reforça o compromisso com o combate à violência. Outro objetivo é ter uma presença feminina com papel de destaque na chapa, explica o pré-candidato.

Ele entende que as forças de segurança do Estado precisam se integrar mais e trabalhar “entrosadas”. Ainda na segurança, promete dar atenção “muito grande” à Polícia Civil, que ele diz estar “largada”.

O pré-candidato do MDB afirma que outra prioridade, caso seja o próximo governador de São Paulo, será a saúde. Paulo Skaf acredita que estará no 2º turno contra João Doria, do PSDB.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo