Famílias brasileiras pagaram R$ 354,8 bilhões de juros em 2017

Por Metro Jornal

Apesar do ciclo de quedas na Selic e da redução na oferta total de empréstimos, as famílias brasileiras pagaram R$ 354,8 bilhões em juros em 2017, alta real de 17,9% em relação a 2016. O dado é de uma pesquisa da FecomercioSP, federação do comércio de São Paulo.

O valor corresponde a 10,8% da renda anual das famílias, superando itens de gastos domésticos, como de educação e vestuário.

A soma dos juros pagos pelas famílias representa 372 milhões de vezes o valor do salário mínimo atual (R$ 954); ou, ainda, 82 vezes maior que o valor da Seleção Brasileira da Copa de 2018 (R$ 4,3 bilhões). Com o valor, daria ainda para custear 8,6 Olimpíadas do Rio (R$ 41 bilhões).

Por outro lado, o valor de empréstimos atrasados há mais de 90 dias teve redução de 11,3% em relação a 2016, totalizando R$ 44,7 bilhões. Ou seja, a taxa de inadimplência sobre o saldo total dos empréstimos caiu de 6,1% para 5,3% entre 2016 e 2017.

A entidade diz que o crédito no país impõe um custo elevado para famílias e empresas, retirando da sociedade quase meio trilhão de reais a título de pagamento de juros, o que representa uma parcela substancial de rendimentos que acaba por inibir a capacidade de consumo e de investimento.

juros
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo