Reciclar dá desconto na conta de luz

Por André Vieira - Metro Jornal

Em tempos em que a conta de luz só sobe – o último aumento autorizado, ainda neste mês, foi de 15,8% –, você saiba que há uma iniciativa que literalmente troca o seu lixo reciclável por dinheiro, que vem em forma de desconto na fatura?

Com pouco mais de cinco anos de vida, o programa Recicle Mais, Pague Menos, da Eletropaulo, já recolheu 5,7 mil toneladas entre os seus clientes só na capital e concedeu mais R$ 731 mil em abatimentos nas contas para os 54,4 mil clientes cadastrados.

A ideia surgiu em 2012, como um projeto de eficiência energética, e foi colocada em prática a partir de março de 2013. “O primeiro ponto era o ganho em economia de energia que os fabricantes teriam em reaproveitar os produtos. Depois, veio o adendo de oferecer o desconto para incentivar a adesão dos consumidores”, afirmou o consultor de sustentabilidade da Eletropaulo Roberto Podesta.

Para participar, basta se cadastrar e levar os materiais para os postos de coleta. Os produtos são pesados e o cliente sai com um tíquete que indica o valor do desconto que virá na próxima conta. Em alguns pontos, a troca é feita diretamente em uma máquina, em que o cliente deposita latinhas e garrafas PET. O desconto considera os valores de mercado.

De modo geral, um quilo de alumínio garante R$ 2 de abatimento e um quilo de PET, R$ 0,25. Os materiais recolhidos dos clientes são negociados pela Eletropaulo com empresas que fazem o reaproveitamento. Segundo a companhia, um cliente de Ermelino Matarazzo, zona leste, já obteve descontos suficientes para zerar cinco contas de energia e soma R$ 1,2 mil em créditos.

Gerente de sustentabilidade da Eletropaulo, Fabrizio Bopp afirmou que o projeto busca contribuir com a mudança de comportamento da sociedade e a consciência ambiental. “O desconto é só um facilitador porque o retorno para a cidade é ainda maior, pois esse reciclável ganha uma destinação correta e assim se evita o gasto de recursos com a reparação desse lixo, caso fosse parar na rua ou em um córrego.”

São quase 30 pontos na capital e em cidades da região metropolitana. Confira os endereços aqui.

reciclagem
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo