Hortaliças ficam mais baratas no atacado, já as frutas devem pesar na conta

Por Metro Jornal

As principais hortaliças ficaram mais baratas no atacado no último mês. Além do fim da greve dos caminhoneiros, que liberou o escoamento da produção, o segundo semestre é marcado pela entrada da safra de várias culturas, afirmam os técnicos da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) em boletim.

Um dos destaques é a cebola, que registrou queda de até 41%. Também seguiram tendência de baixa o tomate, a alface, a cenoura e a batata.

Já os preços das frutas devem pesar na conta. A maior demanda pela maçã influenciou na alta de até 16,9%, no Rio de Janeiro. A baixa oferta do mamão impulsionou o aumento nas cotações. No caso da banana, a entrada da fruta da Colômbia e do Paraguai refletiu na elevação dos preços.

Enquanto a melancia deve seguir com queda, a laranja tende a registrar menor oferta, já que a indústria deve intensificar a demanda da fruta para moagem.

hortaliças arte
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo