Qualidade do ar piora e fica muito ruim em três pontos

Por Metro Jornal

Clima seco, quente, com grande amplitude térmica e com poucas condições de dispersar poluentes é o que o morador de São Paulo pode esperar até o final desta semana.

Nesta terça-feira, a cidade ficou com 36% de umidade do ar, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Nesta quarta, a previsão é que os termômetros variem de 130C a 27ºC, na quinta, de 15ºC a 28ºC, mas sem nenhuma perspectiva de chuva que melhore a situação do ar e contribua para dispersar os poluentes. Aliás, a cidade está há 32 dias consecutivos sem nenhum pingo de chuva. Mas, na prática, há 77 dias a capital não registra uma precipitação significativa.

Enquanto isso, nas estações de medição de qualidade do ar da Cetesb (agência ambiental paulista), três pontos foram considerados “muito ruim” ontem: Itaim Paulista (zona leste), Guarulhos-Pimenta e Osasco (Grande São Paulo).    

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo