Prefeitura de São Paulo perde três secretários em menos de 10 dias

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes

A Prefeitura de São Paulo perdeu três secretários municipais em menos de 10 dias. Nesta quinta-feira (12), o titular da pasta de Relações Internacionais, Julio Serson, pediu para deixar o cargo.

Leia mais:
Em SP, ataques de escorpião crescem e assustam interior
Famílias deixam prédio sob risco no centro de São Paulo

A partir de agora, Serson passa a integrar a equipe de campanha do ex-prefeito João Doria (PSDB), pré-candidato ao governo do Estado de São Paulo. Quem assume a pasta é Affonso Emilio de Alencastro Massot.

Diplomata, Massot já foi embaixador do Brasil na República Tcheca e na Grécia. As substituições fazem parte da mudança do primeiro escalão da Prefeitura no governo do prefeito Bruno Covas (PSDB).

Nesta quarta-feira (11) foi oficializada a saída do secretário municipal da Saúde, Wilson Pollara. O médico comandava a pasta desde janeiro de 2017 e foi substituído por Edson Aparecido, que até então presidia a Cohab-SP (Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo).

E na semana passada, dia 3, Jorge Damião deixou a secretaria municipal de Esportes e Lazer. João Farias, ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Araraquara, no interior de São Paulo, assumiu a função.

Desde que o ex-prefeito João Doria deixou o cargo para concorrer ao governo do Estado pelo PSDB, em abril, foram pelo menos 11 alterações na chefia de secretaria e autarquias municipais, como as secretarias de Infraestrutura Urbana, Transportes, Justiça e Prefeituras Regionais.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo