PM quer punição de quem divulgou imagens de beijo

Por Rádio Bandeirantes

O policial militar que foi filmado dando um beijo em um amigo no metrô quer punição de quem divulgou as imagens.

Em entrevista ao programa “90 Minutos”, da Rádio Bandeirantes, Leandro Barcelos Prior, 27 anos, disse que sofre ofensas e ameaças de agressão depois que o vídeo começou a circular nas redes sociais.

Uma imagem mostrando um desses ataques, que parece inclusive ter sido feito por outro policial, também foi compartilhada diversas vezes.

Prior contou ainda que o seu pai, que também é policial militar, cortou relações com ele.

O que foi gravado

No vídeo, que começou a circular no fim de junho, Prior aparece no metrô usando o celular e conversando com outro homem. Eles dão um selinho e nenhum dos dois parece perceber que está sendo filmado.

Após a divulgação, o policial, que está há quatro anos na corporação, entrou de licença médica. Na entrevista à rádio ele disse que está tomando remédios para controlar ataques de pânico.

Anteontem, em entrevista ao programa “Bastidores do Poder”, da Rádio Bandeirantes, o coronel Elias Miller da Silva, da associação Defenda a PM, disse que o problema foi o beijo – pelo fato de Prior estar fardado, não poderia ter, pelas regras, sido dado.

Prior argumenta, porém, que se estivesse com uma mulher não teria nem sido filmado.   

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo