Metrô tem agora playlist para viagens

Por Metro Jornal

Há algo de novo no ar. Mais precisamente, nos alto-falantes do Metrô. Você entra no vagão e tem a impressão de ouvir Vangelis. Depois de alguns segundos, tem certeza. “Love Theme”, da trilha do filme “Blade Runner”, é  uma das 200 canções instrumentais que fazem parte da trilha selecionada para o projeto Metrô+Música.

Iniciado na última sexta-feira pelas plataformas das estações Sé, São Bento, Palmeiras-Barra Funda, Corinthians-Itaquera, Paraíso e Vila Madalena, o projeto foi levado a todas as estações e aos vagões anteontem. A programação estará diariamente em todas as linhas, das 6h às 22h.

Mas não é de graça: o projeto custa R$ 39 mil ao mês. Segundo o Metrô, o valor é usado “em manutenção e pagamento de direitos autorais em aproximadamente 30% das músicas, as demais são de livre execução”.

A playlist inclui música clássica, jazz, bossa nova, MPB e samba. Segundo Zilmar Fernandes, diretora da CC&P (Companhia de Comunicação e Publicidade), responsável pelo projeto, um musicista fez a seleção. “O pedido foi para serem  músicas calmas e ter canções contemporâneas, clássicas, com uma variedade para atender a todos os gostos musicais.”

Segundo Zilmar, a agência deve divulgar sobre quais músicas estão sendo tocadas. “Não é como rádio, que a pessoa ouve a música e depois o nome dela e quem canta. Então vamos organizar a playlist e divulgar para todo mundo saber o que ouviu.”

Como o sistema de som é o mesmo usado para passar as mensagens informativas do Metrô, quando elas tiverem de ser colocadas nos alto-falantes, a música é interrompida.   

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo