TVs lideram queixas em compras na Copa

Por Metro Jornal

Em três semanas, site Reclame Aqui recebeu 3.044 reclamações de consumidores com os termos “Copa” e “Copa do Mundo”. O número, registrado entre 14 junho a 05 de julho de 2018, representa uma alta de 10% em relação à Copa de 2014.

Os três produtos mais reclamados no período foram: TV (41,8%), celular (5%) e camisetas (3,3%).  Entre os  principais problemas relatados estão o atraso na entrega e produto não recebido (43,2%), mau atendimento (4,8%) e produto com defeito (3,3%). Por categorias, as queixas se concentraram em eletroeletrônicos (28,2%), problemas com atendimento (14%) e editoras (13,4%).

Felipe Paniago, diretor de marketing do Reclame Aqui, lembra que geralmente há um grande ciclo de troca de televisores de quatro em quatro anos devido à Copa. “Os cidadãos ficam ansiosos para o grande evento esportivo, colocam muita expectativa e até um alto investimento, como a compra de uma TV, para aproveitar. Portanto, qualquer quebra no fluxo do planejamento gera muita reclamação. Podemos confirmar isso com o aumento de 10% de reclamações em relação ao último Mundial”, diz .

Direitos

O atraso na entrega caracteriza descumprimento de oferta, segundo o CDC (Código de Defesa do Consumidor), informa o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor). Nesse caso, o consumidor pode exigir entre: o cumprimento forçado da entrega; outro produto equivalente; ou desistir da compra e restituir integralmente o dinheiro já pago, incluindo o frete, e também eventuais perdas e danos decorrentes da demora.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo