Idosa quebra fêmur após problemas na catraca em Santo André

Por Metro Jornal ABC

A idosa Maria de Lourdes Fachinelli, 76 anos, foi arremessada dentro de um ônibus municipal e quebrou o fêmur no acidente, em Santo André.

A queda aconteceu em 5 de junho na linha B51 (Jardim Oriental – Jardim Bom Pastor). O caso foi revelado pelo portal “Diário do Transporte”.

A filha da idosa, Elisabete Fachinelli, 53 anos, confirmou ao Metro Jornal o acontecido. De acordo com  ela, a mãe não conseguiu passar pela catraca com o Cartão Prioridade por conta da biometria. O motorista então precisou fazer a liberação e em seguida acelerou o veículo, arremessando a idosa para a parte traseira do ônibus.

A previsão é que a mulher fique até o fim do ano em uma cama. Após a recuperação, ela terá uma perna mais curta que a outra.

A família afirma que esta não é a primeira vez que Maria de Lourdes enfrentou problemas para passar pela catraca com o Cartão Prioridade.

O Metro Jornal mostrou em reportagens em maio e junho que idosos reclamam da nova ferramenta por conta da dificuldade na leitura biométrica e das filas causadas pelo procedimento.

A Prefeitura de Santo André informou que vai apurar o caso junto ao Consórcio União Santo André, responsável pela linha. “A administração vai aplicar as penalidades cabíveis e exigir que sejam garantidos todos os cuidados à passageira que sofreu o acidente, caso seja constatada responsabilidade da empresa”, disse a administração em nota. A reportagem não conseguiu localizar os responsáveis pela empresa.   

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo