Idosa de 92 anos mata o filho por não querer ir para o asilo

Por Metro Jornal

Uma mulher de 92 anos matou o seu filho a tiros por não querer ser levada para um asilo. O caso aconteceu no Arizona, Estados Unidos. Anna Mae Blessing atirou em Thomas Blessing, de 72 anos.

Após assassinar o filho, a mulher tentou ainda atirar na namorada dele, de 57 anos. As duas lutaram e a vítima conseguiu impedir que os tiros fossem disparados.

Em comunicado,a polícia afirmou que "de acordo com declarações dadas pela suspeita e ouvidas pelos investigadores, ela presenciou por vários dias as intenções de seu filho de levá-la para um lar de idosos".

A idosa contou à polícia que pretendia se matar depois do crime.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo