Contra racha, túnel Ayrton Senna ganhará radar nesta segunda

Por Metro Jornal

“Mas não tinha radar lá ainda? O túnel tem mais ou menos 20 anos!” O especialista em trânsito Horacio Figueira não sabia e muita gente também não, mas é só hoje que vai começar a ter fiscalização de velocidade por radar em um túnel em São Paulo. Será no Ayrton Senna, sentido centro-marginal Pinheiros, e o limite máximo é 50 km/h.

Ela foi implantada porque muita gente que sabia que não tinha fiscalização abusava. As câmeras instaladas dentro do túnel flagraram diversas situações de racha, especialmente de madrugada. Nos últimos cinco anos, de acordo com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), houve 58 acidentes no local.

“Óbvio que tem que ter radar”, disse Figueira. “Nosso nível de consciência como motoristas deixa muito a desejar”, afirmou.

O secretário municipal de Transportes e Mobilidade, João Octaviano Machado Neto, disse que a companhia vinha constatando, pelas câmeras, que muitos veículos passavam acima dos 50 km/h. “Além desse flagrante desrespeito, estava havendo rachas dentro do túnel de madrugada.” Mas… Por que não colocou o radar antes? É a pergunta de Figueira. Octaviano responde pela atual gestão: “Nós fizemos uma primeira tentativa no ano passado que foi mal interpretada, [vista] como pegadinha.

Agora, fizemos estudos, incluindo o número de acidentes, e vamos implantar a fiscalização como parte de política de segurança de trânsito”, disse. O secretário destacou que a sinalização foi reforçada para que os condutores saibam qual o limite de velocidade e que, agora, tem multa sim.

Como o Metro adiantou na semana retrasada, depois desse sentido do Ayrton Senna, o túnel da direção marginal–centro vai receber um radar. “Depois vamos fazer a implantação no Jânio Quadros, no Maria Maluf e assim sucessivamente em todos os túneis”, declarou o secretário. Então, olho no velocímetro! Aliás, o limite de velocidade sempre existiu.

tunel ayrton senna
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo