SP: Conselho pede retirada de bandeiras da avenida Brasil

Por Metro Jornal

As 28 bandeiras do Brasil hasteadas no canteiro central da avenida Brasil, no Jardim Paulista (zona oeste), terão de ser removidas, segundo decisão do Conpresp (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental).

A instalação das bandeiras foi feita em área tombada nos âmbitos municipal e estadual – a região dos Jardins. Por isso, era necessária a autorização prévia do Conpresp e também do Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do estado).

As bandeiras, instaladas em agosto do ano passado, foram doadas pela associação EAB (Eu Amo o Brasil) à prefeitura. Em entrevista ao jornal “Folha de S.Paulo”, José Marcelo Braga Nascimento, fundador da EAB, disse que entrará com recurso administrativo contra a ação.

A Secretaria Municipal de Cultura, responsável pelo Conpresp, solicitará à Prefeitura Regional de Pinheiros o cumprimento da decisão.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo