Câmara de São Bernardo rejeita contas de Marinho

Por Metro ABC

Os vereadores de São Bernardo rejeitaram nesta quarta-feira o parecer do TCE (Tribunal de Contas do Estado) que aprovou as contas de 2015 do então prefeito Luiz Marinho (PT). Foram 19 votos contra e apenas 5, vindos da bancada petista, a favor.

O resultado pode tornar Marinho inelegível para as eleições deste ano, em que ele é pré-candidato ao governo do Estado pelo PT. A decisão foi enviada ao Tribunal Eleitoral e ao Ministério Público pelo presidente da Câmara, Pery Cartola (PSDB). “Realizei forte oposição ao governo de Marinho e não poderia agora ser incoerente e aprovar suas contas. Sabemos das irregularidades já denunciadas em casos como do Museu Lula (do Trabalho), merenda escolar e uniforme atrasado”, afirmou.

Para Marinho, a decisão foi política. “Os vereadores ligados ao atual prefeito de São Bernardo nada mais fizeram do que usar o tempo pago pelo dinheiro do contribuinte para fazer disputa eleitoral.” A nota do ex-prefeito diz ainda estranhar mudança de posicionamento de alguns vereadores. “Foi um ato eminentemente político, uma manobra, atendendo aos mais escusos interesses.”  O candidato diz ainda que a decisão não o enquadra na Lei da Ficha Limpa.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo