Reviravolta no caso Jimmy Wopo, rapper de 21 anos assassinado a tiros

Por Victória Bravo

Na última terça-feira (19), horas depois da morte de XXXTentacion ser confirmada, outro rapper, Jimmy Wopo, também foi assassinado em Pittsburgh, nos Estados Unidos.

O músico de 21 anos recebeu diversos tiros e acabou morrendo no hospital, deixando seus pais, dois filhos pequenos e um terceiro em caminho.

De acordo com a CBS local, o rapper – cujo nome verdadeiro era Travon Smart – está sendo investigado pelo envolvimento em tiroteios e dois possíveis homicídios.

Enquanto uma fonte policial descreveu Wopo como o “Terror do distrito de Hill”, os advogados do artista defenderam que o jovem estava fora dessa vida há tempos.

Owen Seman, um dos advogados de Wopo, revelou que quinze minutos antes de ser assassinado, o jovem ligou entusiasmado para contar sobre sua nova turnê e um contrato discográfico.

A polícia de Pittsburgh não realizou mais nenhuma declaração oficial sobre o caso ou as possíveis investigações que envolvem Wopo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo