EUA vão se retirar do Conselho de Direitos Humanos da ONU, diz embaixadora

Por Estadão Conteúdo

A embaixadora dos Estados Unidos para a ONU, Nikki Haley, disse nesta terça-feira que o país vai se retirar do Conselho de Direitos Humanos da entidade, chamando o órgão de "uma organização que não faz jus ao seu nome".

Haley afirma ter deixado claro há um ano que os EUA só permaneceriam no conselho se "reformas essenciais fossem alcançadas", e alega estar claro que essas exigências não foram atendidas.

Ela criticou as presenças no conselho de países como China, Cuba e Venezuela, que eles mesmos acusados de violações de direitos humanos. A americana aponta ainda um "viés crônico contra Israel".

No entanto, Haley garantiu que, se o órgão da ONU for reformado, os EUA "terão prazer em retornar".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo