Inverno começa na quinta e deve ser parecido com o do ano passado; saiba mais

Por Metro Jornal

Às 7h07 da próxima quinta-feira (21), começa a estação mais… amada por quem gosta de frio, odiada por quem prefere calor. O inverno deste ano vai dar as caras sem nenhum fenômeno meteorológico – como El Niño ou La Niña – para mudar sua rotina “normal”.

“As pessoas falam ‘se está fazendo esse frio no outono, imagina no inverno?’. Mas, na verdade, o frio mais intenso quando as condições estão normais acontece mesmo nessa época de fim de outono e início de inverno”, disse o meteorologista Alexandre Nascimento, da Climatempo.

De fato. As tardes de sexta e sábado passado marcaram de maneira seguida as menores máximas da capital no ano, com 16,8ºC e depois 16,2ºC, dando a impressão de que vai ser ainda pior. Mas a previsão é que o inverno deste ano não seja rigoroso e fique, em média, bem parecido com o do ano passado. Em São Paulo, as temperaturas mínimas podem beirar os 10ºC no início de julho, segundo Nascimento, mas esse frio mais intenso só deve chegar à capital de forma eventual, sem se manter por grandes períodos.

Nascimento diz que a média de mínimas no inverno em São Paulo gira em torno de 12ºC a 13ºC e máxima de 21ºC e 22ºC.

Aliás, depois da “friaca” do fim de semana, o clima deve ficar um pouco mais ameno nesta semana na capital, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), com mínimas de 14ºC e depois 15ºC e máximas evoluindo de 21ºC hoje para até 23ºC na quinta, início do inverno.

Para o mês de agosto, as condições começam a mudar, segundo o meteorologista. Ele descreve os dias como “efeito cebola”: faz mais frio de manhã, fazendo as pessoas a saírem de casa mais agasalhadas, mas o clima ameniza com o passar das horas, levando a tirar parte das blusas de frio e no fim do dia esfria novamente.

Quando o inverno for chegando ao final, em setembro, nem vai “parecer” a estação: mesmo antes de a primavera começar, Nascimento diz que as temperaturas vão subir, e bem.

E quanto às chuvas? Na considerada estação mais seca do ano, Nascimento diz que as condições são para chuvas normais a abaixo da média por aqui, com dias bem secos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo