Homem ganha indenização após ex-namorada mandar e-mail falso em seu nome

Por Estadão Conteúdo

O clarinetista canadense Eric Abramovitz ganhou uma indenização de 350 mil dólares canadenses (cerca de R$ 993 mil) após o tribunal de Montreal condenar sua ex-namorada por enviar e-mail falso recusando um convite em seu nome.

Segundo a defesa de Abramovitz, com medo de perdê-lo, Jennifer Lee, sua então namorada, enviou um e-mail falso para Yehuda Gilad, um dos maiores clarinetistas do planeta, recusando uma das duas vagas disponíveis para estudar no Conservatório Colburn, onde ganharia uma bolsa anual de US$ 50 mil (aproximadamente R$ 187 mil) por ano.

Na sentença, o juiz concordou com a argumentação de Abramovitz de que o e-mail falso prejudicou sua carreira como musicista e determinou a indenização levando em conta o prejuízo profissional causado por Lee. "A corte está reparando o abjeto dano que a ré causou na vida profissional do autor da ação", escreveu o juiz.

Apesar de ter perdido a bolsa, Abramovitz conseguiu estudar com Yehuda alguns anos depois e continuar sua carreira como musicista. Hoje ele é um dos clarinetistas principais da Orquestra Sinfônica de Toronto, no Canadá.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo