Anthony Bourdain comprou pintura enigmática antes de morrer; era um sinal de que as coisas não estavam bem

Por Victória Bravo

O suicídio de Anthony Bourdain (61) foi algo inesperado, que entristeceu muitos admiradores do Chef ao redor do mundo.

Com um estilo de vida repleto de viagens e gastronomia, muitas pessoas se surpreenderam com a decisão de Bourdain, inclusive sua mãe, que em entrevista ao The New York Times revelou que seu filho “era última pessoa no mundo que teria imaginado que faria algo assim”.

No entanto, parece que o norte-americano vinha dando sinais preocupantes sobre a sua depressão nos últimos tempos, quando exatamente uma semana antes de morrer ele decidiu comprar uma pintura enigmática.

O famoso chef comprou uma obra de arte de John Lurie intitulada “O céu está caindo, estou aprendendo a viver com isso”. Claramente, a obra de arte está ligada a emoções delicadas, como a desesperança e a tristeza.

De acordo com as últimas mensagens de Lurie no Twitter, a relação com Bourdain ia além de pintor e comprador.

“Oh, não Anthony Bourdain. Eu não posso acreditar nisso”, foi sua primeira reação na rede social ao saber da morte do amigo.

Em seguida, o pintor de 65 anos explicou que ele e Bourdain tinham um combinado um encontro e que o chef era uma pessoa interessante para começar uma amizade.

“Nós estávamos nos fazendo amigos recentemente. Uma das poucas pessoas que me interessei remotamente em me tornar amigo em anos. Eu achava que ia vê-lo na quarta-feira”, desabafou o artista.

“O que você acha que devo fazer? Eu não consigo nem respirar. (…) Eu não quero que isso seja verdade”, completou.

Para finalizar, o artista elogiou Bourdain pela grande pessoa que ele era:

“Cada um dos tweets é sobre Anthony Bourdain. Ele foi amado e respeitado em todas as direções. Meu coração está dando voltas no meu peito. Lágrimas caem pelo meu rosto. Estou com muita raiva dele”.

Foto Reprodução / Twitter
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo