DJ Avicii teve funeral privado em Estocolmo

Por Wellington Botelho

O DJ sueco Avicii foi sepultado em uma cerimônia privada em Estocolmo (Suécia) na última sexta-feira (8), informou o jornal Metro UK. A família Tim Bergling, nome verdadeiro do músico, já havia confirmado que o funeral seria privado.

Estavam presentes apenas pessoas mais próximas do músico. O sepultamento ocorreu quase dois meses depois da sua morte.

Avicii foi encontrado sem vida na tarde de 20 de abril em Mascate, no Omã. O DJ, que também nasceu na Suécia, tinha 28 anos.

Studiomode

A post shared by Avicii (@avicii) on

Suicídio

No início  de maio, o site TMZ afirmou que o músico cometeu suicídio utilizando "um pedaço afiado de vidro" para fazer cortes no pescoço e nos punhos.

De acordo com a publicação, que citou diversas fontes ligadas ao músico, Avicci quebrou uma garrafa de vinho para usar os vidros para tirar a própria vida.

"Ele queria encontrar paz"

Ele queria encontrar paz, afirmou um comunicado emitido pela família em abril. “Nosso amado Tim era um sonhador, uma frágil alma artística procurando por respostas a questões existenciais. Um perfeccionista da superação que viajou e trabalhou duro em um ritmo que o levou ao extremo estresse. Quando ele parou de fazer turnê, ele queria encontrar um equilíbrio na vida e ser feliz e capaz de fazer o que mais amava – música. Ele realmente lutou com pensamentos sobre sentido, vida, felicidade. Ele não poderia mais ir em frente. Ele queria encontrar a paz. Tim não foi feito para a máquina dos negócios em que ele se encontrava; ele era um cara sensível que amava seus fãs, mas evitava os holofotes. Tim, você será sempre amado e fará triste falta. A pessoa que você foi e sua música irão manter sua memória viva. Nós o amamos. Sua família”, disse o informe.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo